loader image

A importância do monitoramento de dados

22 mar 2023 | Dicas de TI, News, Proteção de Dados

O monitoramento de dados é uma prática que se torna cada vez mais importante em empresas de todos os setores. A informação desempenha um papel decisivo nas resoluções estratégicas, sendo vital para muitas organizações conseguirem atingir seus objetivos. Para que os dados sejam corretamente utilizados e aproveitados é necessário que sejam monitorizados de forma contínua de modo a obtê-los de forma precisa e relevante.

O QUE É O MONITORAMENTO DE DADOS?

É uma prática essencial na TI para o sucesso de qualquer empresa. Ele permite que as empresas, organizações e profissionais independentes monitorem a qualidade, a segurança e a eficiência de seus sistemas. Por meio do monitoramento, essas organizações podem identificar problemas — como falhas nos sistemas —, entender quais são as tendências de uso e identificar áreas de melhoria para aumentar a eficiência.

Os principais benefícios de se fazer monitoramento de dados estão relacionados à percepção do desempenho e da saúde dos sistemas. O monitoramento é importante para evitar falhas e problemas técnicos, melhorar a performance e facilitar o processo de decisão. Também ajuda na detecção de fraudes e possíveis falhas de segurança. Além disso, a monitoração dos dados fornece uma visão abrangente sobre as operações da organização, permitindo que eles tenham um melhor entendimento de como estão evoluindo os processos.

Para garantir uma boa coleta e análise de dados, é importante adotar um plano de monitoramento eficaz e estruturado. Isso envolve:

  • Desenvolvimento de processos e padrões para a coleta
  • Armazenamento
  • Organização
  • Análise
  • Compartilhamento de dados.

Também inclui a implementação de ferramentas para monitorar a segurança, a performance do servidor, as aplicações e outras áreas importantes. Além disso, é importante que as equipes de TI adotem medidas de segurança a fim de proteger os dados coletados.

No final, o monitoramento de dados é uma prática fundamental para qualquer empresa que deseje entender como seus sistemas estão funcionando e desenvolver o seu negócio. Ele também oferece visibilidade para avanços na tomada de decisões e possibilidade de precisão na análise de dados. Por isso, a monitoração dos dados é extremamente importante para garantir a segurança, o desempenho e a eficiência de qualquer empresa.

POR QUE É IMPORTANTE?

O monitoramento de dados está se tornando cada vez mais importante para empresas que desejam extrair o máximo de benefícios de seus sistemas de TI, pois permite que os gestores identifiquem e tratem rapidamente problemas que possam surgir. Além disso, os dados monitorados podem ajudar as empresas a gerenciar melhor seus negócios, pois oferecem uma visão precisa da atividade do sistema e do uso da tecnologia da informação.

Ele pode fornecer dados para atividades de gerenciamento de projetos, como criação de relatórios sobre tempo de execução de processos, erros de aplicativos e problemas de desempenho. Também ajuda a identificar o uso incorreto ou o uso inadequado da TI, permitindo que as empresas tomem medidas imediatas para resolver problemas. Além disso, os dados monitorados podem ser usados ​​para fornecer estatísticas históricas sobre o uso da TI, permitindo que os gestores tomem decisões de negócios baseadas no desempenho passado.

Além disso, é uma questão de competitividade também, já que se trata de uma tendência cada vez mais aceita entre as companhias. Em uma pesquisa realizada pela Experian, 76% das empresas entrevistadas responderam que dados são fundamentais para definição de estratégias de negócio, e 91% já estão começando a colocar isso em prática.

Para concluir, podemos dizer que o monitoramento de dados é essencial para qualquer empresa hoje em dia, pois oferece uma visão clara e precisa de seus sistemas de TI, além de ferramentas úteis para ajudar na tomada de decisões e gerenciamento de processos. Além de ajudar a manter a segurança do sistema e fornecer informações importantes sobre os usuários.

CONHEÇA AS VANTAGENS

O monitoramento de dados é uma ferramenta crítica para empresas do setor de tecnologia da informação (TI). O objetivo principal desse processo é fornecer aos líderes da organização uma visão abrangente do uso e da disponibilidade das informações, que são essenciais para informar e tomar decisões. Por meio de uma análise inteligente, as organizações obtêm mais informações e insights para melhorar a eficiência, a precisão e a segurança da TI. Além disso, o monitoramento permite que as empresas obtenham maior controle e planejamento de suas instalações em TI.

Veja abaixo as vantagens:

  • Permite o conhecimento do mercado
  • Suporta a tomada de decisão em tempo real
  • Beneficia a gestão estratégica

Avisos atempados e diagnósticos seguros ajudam nas operações da empresa, reduzindo significativamente o tempo gasto no diagnóstico e a necessidade de intervenções manuais. Os profissionais de TI também podem reduzir o risco de violações de segurança por meio do monitoramento de dados, pois podem detectar e evitar atividades suspeitas.

CONCLUSÃO

O monitoramento de dados é essencial para a obtenção de informações precisas e relevantes para a tomada de decisões estratégicas. Existem várias ferramentas no mercado que ajudam as empresas a monitorar e analisar os dados, para que possam ter uma visão abrangente de todos os fatores relevantes. O monitoramento de dados é fundamental para a boa gestão e para uma empresa de TI ser bem-sucedida. Entrar em contato com profissionais de monitoramento de dados é uma ótima maneira de começar a tomar decisões baseadas em dados e alcançar o sucesso.

Mantenha-se atualizado!

Siga-nos nas redes sociais! ⬇️
LINKEDIN
INSTAGRAM
FACEBOOK

Para mais notícias sobre cibersegurança e novidades, assine nossa newsletter! Ou acesse outros artigos que temos no site!

Vamos deixar aqui, duas recomendações, confira agora:

 

  1. Como implementar a governança de forma eficiente na sua empresa?
  2. 5 PRINCIPAIS TENDÊNCIAS DE PRIVACIDADE – SEGUNDO O GARTNER – ATÉ 2024
  3. COMO APRIMORAR AS ESTRATÉGIAS DE DEFESA CIBERNÉTICA