loader image

Azure passa AWS como infraestrutura de nuvem favorita dos CIOs

13 abr 2020 | News

Pesquisa conduzida pelo Morgan Stanley também classificou nuvem da Microsoft como melhor plataforma e fornecedora híbrida

Semana feliz na empresa comandada por Satya Nadela. Pesquisa CIO AlphaWise, conduzida anualmente pela instituição financeira Morgan Stanley apontou que azure passa aws como serviço de IasS (infraestrutura como serviço) preferido por 25% dos CIOs entrevistados, contra 22% dos executivos que colocaram a Amazon Web Services no segundo lugar.

A análise, realizada entre janeiro e março deste ano, também apontou a preferência dos líderes de TI pela Azure como fornecedora para ambientes de nuvem híbrida, com 34% dos CIOs escolhendo a marca. Já a AWS, em segundo lugar ficou com 25%.

Além da diferença de 9%, o resultado chama a atenção quando se compara o percentual do ano passando, que girava em 25% para Microsoft e 21% para AWS. E a tendência é que essa janela se estenda, já que os CIOs afirmaram que pretendem trabalhar com a Azure pelos próximos três anos.

O estudo divulgado pelo do Morgan Stanley ecoa resultados semelhantes de prioridade de fornecedor aos apresentados pelo Goldman Sachs em janeiro.

Na época, a pesquisa encontrou mais executivos de TI usando o Azure do que a AWS, embora a nuvem da Amazon tenha uma parcela maior dos gastos em nuvem. Porém, a Microsoft estava um pouco à frente como a “escolha mais popular”.

Microsoft 365

Corte de custos, mas foco na nuvem

O relatório também mostrou uma queda nos gastos com TI, embora os resultados variem com base na resposta dos CIOs. Ainda que os entrevistados de fevereiro projetassem um crescimento otimista geral de 3,6% no orçamento de TI, em março os entrevistados disseram que o crescimento cairia para 3,2%. Segundo a publicação, metade dos CIOs já cortou os orçamentos em média 2,6%.

Para preservar a liquidez e reduzir custos, as empresas estão abandonando o otimismo do início do ano sobre o crescimento orçamentário de IA, segurança e nuvem.

Agora, os CIOs de todos os lugares estão repensando os gastos, priorizando a tecnologia que pode permitir e proteger o trabalho remoto. É aqui que a Microsoft vira uma escolha fácil para empresas que já consideravam a seleção de ferramentas, diz reportagem do CIO Dive.

Saiba como reduzir seus custos pagando parte da sua nuvem pública com valor fixo em reais. Acesse e solicite a consultoria de um de nossos Gerentes de Negócios.

https://campanhas.inovti.com.br/azure-flex

Fonte: PortalCIO

Foto: Shutterstock