Principais vantagens da virtualização de software que você pode estar perdendo

Você já parou para analisar quais as vantagens da virtualização de software para sua empresa ou projeto? No cenário da Tecnologia da Informação, virtualização significa criar uma versão virtual de algo, seja um recurso ou dispositivo. 

Sendo assim, a virtualização de software também segue por esse caminho. Entretanto, é capaz de retirar a necessidade do procedimento de instalação, sendo necessário somente a criação do dispositivo virtual. 

Em resumo, esse método permite que um único computador conectado à rede funcione em mais de um cenário. Aqui, a principal missão é possibilitar a criação e o uso de um sistema virtual para que você possa trabalhar da mesma forma que a maneira tradicional, mas com muito mais benefícios. 

A seguir, você poderá conhecer alguns dos pontos positivos obtidos com a virtualização de software. Confira! 

10 vantagens da virtualização de software para sua organização 

Veja como o dia a dia de sua empresa pode mudar para melhor com a ajuda desse recurso: 

1. Redução das despesas em TI 

De acordo com a situação, é necessário recorrer a diversos equipamentos para evitar conflitos, lentidão e falhas. 

Nesse sentido, a virtualização de software surge como um excelente recurso para o gerenciamento de aplicativos, dispensando programas adicionais e estruturas de suporte. 

Além disso, evita o conflito entre os softwares já existentes, mesmo que estejam em um único servidor. 

Como resultado, há menos necessidade de equipamentos e, por consequência, menos gastos financeiros. 

 

2. Segurança contra eventualidades  

Além do esperado, isto é, proteção contra vírus e hacking, é interessante observar que, uma vez que os dados estão armazenados em vários locais diferentes, eles podem ser recuperados de forma fácil e prática, no caso de alguma eventualidade. 

Dessa forma, a virtualização de software constitui uma excelente ferramenta de segurança. 

 

3. Mais possibilidades 

A possibilidade de executar aplicativos com versões diferentes também é uma vantagem. Por exemplo, usando tanto o novo quanto o antigo sistema operacional. 

Dessa forma, se um programa não funcionar em um sistema pode-se, tranquilamente, testar o seu funcionamento no outro. 

 

4. Agilidade na implantação 

Quem já teve problemas com o equipamento físico, a exemplo de um travamento ou defeito técnico que impediu seu uso, sabe a complicação que isso gera e o tempo perdido para resolver. 

Nesse cenário, a implantação rápida e relativamente simples da virtualização de software surge com um grande diferencial. Não somente em termos de praticidade na rotina da empresa, mas, também, como uma vantagem competitiva. 

Afinal, ela permite a implantação de recursos de forma estratégica para que as demandas sejam atendidas rapidamente, conforme a necessidade da organização. Por exemplo, se o fluxo de trabalho aumentar será possível acompanhar esse crescimento sem nenhuma dificuldade. 

Isso significa que a empresa poderá focar em seu crescimento e na satisfação do cliente, sem se preocupar com custos adicionais variáveis, se conseguirá mais equipamentos para dar conta dos projetos ou com gastos envolvendo a aquisição de hardwares. 

 

5. Redução do tempo de inatividade 

Como complemento ao tópico anterior, vale a pena falar sobre a redução do tempo de inatividade do equipamento. Ou seja, não será preciso aguardar horas ou até dias até que o responsável técnico resolva o problema. 

Isso porque, uma das principais vantagens da virtualização de software é a sua replicação, flexibilidade e independência. 

Em oposição às muitas horas que poderia levar para configurar uma nova máquina ou servidor, com esse método apenas alguns minutos seriam necessários. Portanto, nada de perda de tempo ou trabalho perdido. 

 

6. Aproveitamento otimizado 

Virtualização de software tem tudo a ver com melhorias. Por exemplo, ter a possibilidade de executar vários softwares em uma ou mais máquinas, fazendo com que o poder de processamento desses equipamentos seja aproveitado em sua totalidade, sem colocar em risco o funcionamento adequado, tanto do equipamento físico quanto dos softwares. 

 

7. Eficiência e segurança no backup 

Em termos de virtualização, a melhor capacidade e segurança no backup sempre surge como uma das maiores vantagens. 

E, claro, além disso, há o aspecto da agilidade na recuperação, não importando qual seja a causa por trás da necessidade de uso do backup. 

 

8. Economia 

Acima apontamos que uma das vantagens da virtualização de software envolve os gastos com manutenção e TI. No contexto geral, esse aspecto permite um melhor gerenciamento do consumo energético reduzindo ainda mais os gastos da organização. 

Esse aspecto torna-se ainda mais interessante quando observamos que devido à redução do consumo de energia as despesas do empreendimento também são reduzidas, sendo que esse dinheiro poderá ser reinvestido em outra área. 

E tem mais, de um lado a virtualização de software resolve os problemas, otimizando os processos dentro da empresa. Do outro, ganha pontos com a sociedade, uma vez que as pessoas estão cada vez mais interessadas em proteção ambiental e em sustentabilidade e, por isso, tendem a olhar com mais atenção e a valorizar as iniciativas de empresas que pensam de forma sustentável. 

Ou seja, as vantagens podem ser percebidas tanto de forma direta quanto indiretamente no dia a dia. 

 

9. Aumento da produtividade 

Menos servidores e equipamentos, assim como menos problemas técnicos, permite que as equipes de TI gastem seu tempo em atividades e realizações que, de fato, impactam positivamente a rotina da organização. 

Isso significa mais produtividade e eficiência, além disso, possibilita que o profissional seja aproveitado onde pode mostrar ainda mais o seu potencial — o que ajuda em sua motivação pessoal e profissional. 

 

10. Maior abrangência e segurança para testes  

Entre as vantagens da virtualização de software está a possibilidade de testar aplicações em um ambiente virtual mais seguro e estável, evitando erros e riscos relacionados. 

E, novamente, há o benefício da eficiência e agilidade, pois não será preciso adicionar hardwares de suporte ou fazer alterações no equipamento. 

 

Considerações importantes 

É muito comum haver certa confusão entre a virtualização de software e a cloud computing. Porém, são dois tipos de tecnologia que apresentam importantes diferenças entre si. 

A principal delas, é a que a computação em nuvem faz parte do compartilhamento de softwares por meio de uma plataforma on-line específica. 

Além disso, há diferentes tipos de virtualização de software, como a virtualização de aplicativos, virtualização de serviço e virtualização de sistema operacional, com funções e aplicações distintas. 

Nesse artigo, você conheceu algumas das principais vantagens da virtualização de software. Por fim, é interessante ressaltar que os benefícios e facilidades podem ser percebidos em qualquer situação, isto é, não importando o tamanho da empresa ou finalidade, esse recurso sempre poderá ser aplicado. 

Então, quer entender melhor como a virtualização de software pode promover melhorias em sua organização ou projeto, modernizando e aumentando a eficiência de seus processos? Entre em contato com a inovTI Cloud & Datacenter e tenha acesso a soluções personalizadas às suas necessidades! 

0 Compart.
Compartilhar
Compartilhar