loader image

Coisas que você precisa saber sobre o Backup

18 out 2019 | Soluções

Hoje em dia os dados são tudo. Dessa forma, perdê-los é o pior pesadelo para quem precisa deles diariamente, principalmente para trabalhar. Falta de energia, falha em aparelhos digitais, desastres naturais ou até mesmo a vulnerabilidade à ataques de vírus ou hackers podem ser catastróficos. Portanto, é importante que as pessoas e as empresas estejam preparadas para qualquer eventual problema através do backup.

Organizar todos os dados que você tem em um lugar seguro é extremamente importante para eventuais consultas ou para salvar em algum momento oportuno. Atualizar o backup dos arquivos, então, também é fundamental, para garantir que as informações não se percam.

O que é backup e pra que serve?

Diversas empresas trabalham com dados, independente do segmento que pertencem. Desse modo, os dados são vitais para a execução das funções cotidianas e do fluxo de trabalho.

A melhor maneira de se resguardar de uma ocasional perda de informações, é tendo uma cópia de segurança, que é o backup. O backup caracteriza-se, principalmente, como o ato de copiar arquivos para sistemas de armazenamento secundários. O objetivo de fazer essa cópia é preservar os dados em caso de qualquer problema como, por exemplo:

  • Roubos de equipamentos;
  • Cibercrimes;
  • Desastres naturais, como incêndios;
  • Discos rígidos corrompidos;
  • Inutilização da mídia de armazenamento;
  • Uso inadequado do banco de dados.

O backup de arquivos, pastas ou discos inteiros (físicos e virtuais) pode ser feito até mesmo entre diferentes formas de armazenamento como, por exemplo, entre um HD externo e a nuvem. Ele serve para garantir a segurança das informações e protegê-las. Isso faz com que sejam evitados possíveis danos ou prejuízos caso os dados originais venham a se perder. Quando houver algum empecilho e for preciso, pode-se recorrer às cópias no mesmo diretório, agilizando o processo e recuperando as informações necessárias.

Quais são os principais tipos de backup?

Todo mundo que possui dados importantes armazenados digitalmente precisam realizar o backup deles. Porém, para fazê-lo, é preciso conhecer os tipos de backup existentes para poder escolher o que melhor atenderá às suas necessidades ou de sua empresa. Entre os principais tipos de backup, podem ser destacados:

Completo

Esse tipo de backup é a cópia completa de todos os arquivos para um novo diretório, que pode ser uma mídia física, como servidor ou HD externo, ou a nuvem.

A principal vantagem do backup completo é que todos os dados estarão protegidos e disponíveis em um único conjunto de mídia. Ou seja, o resultado disso é uma possibilidade maior de recuperar os dados íntegros, sendo mais rápido e menos complexo recuperar os arquivos. No entanto, a desvantagem é que demora mais para ser executado e ocupa mais espaço em disco, já que todos os dados são armazenados.

Incremental

O backup incremental faz a cópia dos dados que foram alterados desde o último backup, que pode ter sido de qualquer tipo. Ou seja, esse tipo de backup faz uma atualização das informações referente ao último procedimento, verificando as modificações. Isso faz com que somente os arquivos novos e os editados sejam copiados para a nova mídia de armazenamento.

É o processo de backup mais rápido. Como será transferida uma menor quantidade de dados, leva menos tempo e requer menos espaço de armazenamento do que o backup completo. Entretanto, o backup incremental é mais complexo, pois os backups anteriores devem ser recuperados para, em seguida, saber quais arquivos são novos ou foram alterados. Pode ocorrer, então, a multiplicação de arquivos ou a perda de dados.

Diferencial

No que concerne à quantia de informações armazenadas, o backup diferencial pode ser considerado um intermediário entre os outros dois.

Na primeira vez em que esse tipo de backup é realizado, ele se assemelha ao incremental, pois irá copiar todos os dados desde o procedimento anterior. Entretanto, nas próximas vezes em que for executado, ele só copiará os dados que foram modificados desde o último backup completo, não importando se outro tipo de backup foi realizado anteriormente.

Por que fazer o backup na nuvem?

Ter um plano de contingência é vital para evitar perda de credibilidade ou de informações estratégicas, além de prejuízos financeiros. O backup na nuvem ajuda a proteger dados importantes, possibilitando a restauração rápida após qualquer falha de sistema ou perda de arquivos.

O backup na nuvem é a cópia de segurança dos arquivos para um servidor remoto. Ele garante maior proteção para as informações, por meio da compressão e criptografia dos dados. Sua execução pode ser todos os dados ou só de alguns deles, sendo possível ainda criar rotinas para as cópias, além de automatizar o processo.

A cobrança do backup na nuvem é feita por GB. Ou seja, você contrata exatamente o espaço que precisa e pode expandi-lo se houver necessidade.

InovTI: uma parceira confiável para o seu negócio

Com mais de 15 anos de experiência, a InovTI é sinônimo de inovação e eficiência. A empresa trabalha com os principais data centers, clientes corporativos, ISVs e ISPs, entregando serviços gerenciados em nuvem, backup, disaster recovery, outsourcing, licenciamento e automação de TI para mais de 150 clientes, com infraestrutura gerenciada e confiada à InovTI.

Portanto, se você busca um parceiro que desenvolve projetos adequados às suas necessidades e que possui um conjunto completo de serviços e soluções, a InovTI é a solução ideal. Possuindo como lema a ética e o respeito, a empresa será o braço direito de sua companhia, visando, constantemente, o desenvolvimento de sua equipe e de seu negócio.

Gostou do nosso artigo? Se sim, não perca as novidades em nosso blog. Com posts mensais, discutimos e explicamos como as soluções em cloud computing podem revolucionar o seu negócio.