loader image

Para falarmos de Segurança de dados, antes vamos entender do que se trata. Ela basicamente está pautada no processo de proteção de informações confidenciais ou sobre a recuperação de dados em caso de desastres. Para as organizações a cibersegurança e o Disaster Recovery, estão ligados intimamente com recursos de backup associados à integridade dos dados e estratégias.

 

QUAIS SÃO OS PILARES DA SEGURANÇA DOS DADOS?

A segurança dos dados são todas as ações relativas à preservação da informação. Ou seja, estamos falando de várias camadas de segurança, que são capazes de impedir ataques cibernéticos, desastres e garantir que os dados foram salvos para não perderem informações importantes.

Para garantir essas informações na cibersegurança, devemos nos basear nas seguintes camadas: confidencialidade, integridade e disponibilidade. Sendo elas:

– Confidencialidade: Aqui estamos falando da restrição de acessos, ou seja, permite que apenas pessoas autorizadas tenham acessos determinados. O objetivo dessa ação é garantir a segurança da informação e sigilo dos dados.
– Integridade: Quando abordamos a integridade, também estamos falando da veracidade da informação. Ou seja, garantir que os dados se mantenham exatamente como o original, sem sofrer alterações.
– Disponibilidade: Basicamente estamos falando das informações estarem sempre disponíveis para os usuários logados.

Agora que você já conhece os pilares, para entendermos mais profundamente sobre a segurança dos dados, separamos as 4 principais variáveis que podem ser trabalhadas na sua organização. Conheça abaixo!

5 TIPOS DE DE SEGURANÇA DE DADOS

A segurança de dados ou da informação, tem algumas variáveis que você precisa entender mais profundamente, para manter os dados seguros e protegidos,, conheça agora:

– Backup de dados: A disponibilidade é um dos pilares da segurança dos dados e em casos de desastres também. Por isso, estar com as informações resguardadas pela automatização de backup, é uma ação extremamente importante e que reforça a segurança para que tudo esteja protegido e acessível quando necessário, mantendo todos os serviços e aplicativos funcionando corretamente 24 horas por dia, 7 dias por semana, contra qualquer tipo de interrupções ou ameaças.
– Disaster Recovery: Solução para manter sua infraestrutura sempre protegida. Escalável, simples e única! A tecnologia permite eliminar os riscos de perda de dados e tempo de inatividade das suas operações críticas de TI em cenários de crise.
– Controle de acessos: Tem como objetivo, proteger os dados para que pessoas não autorizadas acessem informações sigilosas. Inclusive, também envolve a questão de governança, para ter total controle de alterações feitas nos dados.
– Firewall: Sendo um poderoso aliado dos gestores, o firewall tem como objetivo dentro da cibersegurança, ter a visualização e poder filtrar o tráfego de entrada e saída de pessoas na rede corporativa. Com ele, é possível bloquear o acesso de tráfego malicioso e desacelerar uma potencial ameaça.
– Criptografia dos dados: O foco é impedir que softwares maliciosos ou hackers acessem informações confidenciais, através de uma tecnologia que utiliza chaves próprias para embaralhar os caracteres, o qual acaba inviabilizando a leitura das informações. Sendo assim, sem a chave criptografada não é possível ter acesso aos dados.

COMO IMPLEMENTAR A SEGURANÇA DE DADOS NA MINHA EMPRESA?

Existem diferentes formas para implementar a segurança de dados ou também conhecida como SI (segurança da informação) na sua empresa. No entanto, o primeiro passo é identificar a estratégia, o operacional e quais vão ser as práticas necessárias. Para isso, recomendamos a contratação de um serviço específico e extremamente importante, que nós da inov.TI também desenvolvemos. Para isso, o ideal é entrar em contato com nosso time de especialistas e eles por sua vez, vão entender a fundo as dificuldades, para criar a estratégia e soluções ideias que sua empresa ou negócio necessitam.

A contratação deste tipo de serviço, pode ser construído especificamente para a sua necessidade. Abaixo seguem alguns exemplos de estruturas de proteção de dados :

Dentro de Cloud Security
– Criptografia em Nuvem
– Backup
– Escaneamento rotineiro
– Autenticação multifator
– Governança de acessos
– Proteção cibernética antivírus e antimalware
– Recuperação de dados 

Garanta a proteção contínua dos dados, através da nuvem com automação, análise e controle!

Entenda mais sobre o tema, acessando a categoria de proteção de dados dentro do nosso site!