loader image

Conheça os benefícios da migração para nuvem

17 fev 2023 | Dicas de TI, Institucional, Serviços

Para falar de estratégia de migração, antes precisamos entender quais são as reais necessidades da sua operação. Por isso, quando for fazer esse processo, recomendamos que seja feita uma imersão no seu business e assim deverá garantir o mais alto padrão de entendimento dos requisitos da sua operação. Tendo então todo apoio para o planejamento e migração.

Ter um parceiro de TI (tecnologia da informação) com uma infraestrutura própria, de padrão internacional, pode ser a garantia de elevar a sua operação a um próximo nível, através da inovação, tecnologia, autonomia, previsibilidade de custos, flexibilidade e independência.

Além disso, ter uma equipe altamente qualificada, que dispõe das melhores boas práticas em gestão de projetos, deve oferecer às empresas o apoio necessário para planejamento e execução da migração dos seus serviços de TI, sendo estratégico para contribuir com o sucesso da operação.

Para entender o passo a passo da migração, quais são as etapas e a importância de cada uma delas, leia este artigo até o final! Recomendamos que compartilhem esse artigo com quem gostaria de entender melhor sobre esse assunto!

QUAIS SÃO AS ETAPAS DE MIGRAÇÃO?

Toda a estratégia de migração deve ser realizada a partir do entendimento da sua necessidade, levantamento dos requisitos de cada projeto e alinhamento dos principais pontos e desafios para atender aos planos de migração.

Para que você esteja totalmente focado nos serviços que entrega aos seus clientes, é importante ter técnicos que são altamente qualificados e estão preparados para dar todo o suporte necessário para o bom desempenho dos seus servidores, para assim garantir a continuidade do seu negócio, visando diversos pontos que são indispensáveis na migração. Conheça agora o passo a passo!

Etapas da migração:

  1. Desenvolver um plano para o projeto de migração.
  2. Estabelecer os requisitos necessários para a execução das atividades de migração.
  3. Definir as equipes que vão participar da migração.
  4. Organizar uma agenda de reuniões de alinhamento técnico.
  5. Definir conjuntamente as disponibilidades de janelas para a migração.
  6. Elaborar um cronograma com a relação de atividades e duração do plano de migração.
  7. Disponibilizar equipes durante o estágio de planejamento, transição e início de ongoing.
  8. Apresentar os planos de comunicação e escalonamento.
  9. Mapear as probabilidades de riscos e traçar um plano de ação para possíveis problemas.
  10. Agrupar todos os elementos do plano de migração para revisão final e confirmação.
  11. Validar plano de migração proposto com todos os envolvidos.

QUAL A IMPORTÂNCIA DE CADA ETAPA DA MIGRAÇÃO?

É importante fazer uma migração bem estruturada, pois, com o passar dos anos, a tecnologia tende a mudar e com isso, alguns softwares e hardwares acabam se tornando obsoletos. Então é necessário desenvolver um plano efetivo de migração, que irá garantir a assertividade dentro de cada etapa.

Quando desenvolvemos a migração de dados, estamos sempre envolvendo dois repositórios, sendo eles uma base de origem e o outro de destino. Lembrando que o principal objetivo em ter essa estrutura é garantir que as informações estejam armazenadas na origem corretamente e que sejam transferidas totalmente para o destino.

Por isso, mais uma vez ressaltamos o porquê é tão importante a migração correta dos dados. Assim, novas estruturas serão criadas e os seus originais serão preservados.

Como dito anteriormente, a migração, deve seguir um passo a passo rigidamente, os quais vão se basear em um planejamento muito bem feito para evitar falhas.

Para entender no detalhe o porque é tão importante um plano bem executado de migração, separamos algumas considerações que são importantes no momento do planejamento, confira:

  • Definir as estratégias considerando o risco, segurança e conforto operacional;
  • Imergir no business e entender a fundo o direcionamento do negócio;
  • Identificar a janela produtiva;
  • Realizar todas as tarefas de rollback, ou seja, o encerramento da transação com o descarte das alterações feitas;
  • Ter um plano efetivo de Comunicação Interna.

Além desses pontos já mencionados, também temos outros a destacar que geram benefícios, conheça:

  • Diminui os erros comuns na limpeza de dados antes da migração;
  • Garante que os projetos sejam executados com rapidez, bem como a transferência de dados;
  • Com isso gera redução dos custos totais dos projetos.

POR QUE A INOV.TI?

Somos sinônimo de inovação! Com mais de 150 clientes atendidos, trabalhamos com os principais parceiros do mercado de tecnologia, entregando serviços gerenciados em nuvem, backup, disaster recovery, outsourcing, licenciamento e automação de TI.

As organizações têm um desafio para ser enfrentado e buscam soluções que sejam rápidas, seguras, flexíveis e assertivas, além de contemplar uma equipe qualificada e que vão garantir o mais alto padrão de conhecimento, certamente a inov.TI, trará tudo o que você busca. Nós desenvolvemos projetos adequados às suas necessidades e que possuem um conjunto completo de serviços e soluções.

Nós reforçamos que a migração de dados é uma operação extremamente delicada e muito importante para empresas. Na maioria dos casos, essa necessidade surge a partir da implementação de um novo sistema ou tecnologia (como a nuvem) e exige cuidado em sua execução, pois erros nesse processo custam caro.

Sabemos que existem diferentes tipos de projetos de migração de dados e cada um tem sua especificidade, variando de acordo com as tecnologias utilizadas e os dados em si. No entanto, independentemente do cenário, é recomendável que se tenha um parceiro confiável, responsável, bem como recursos que são avançados para garantir que tudo será executado com as melhores boas práticas do mercado hoje.

Mantenha-se atualizado! Assine a newsletter da inov.TI e conheça mais sobre o nosso mundo de tecnologia da informação!

Siga-nos nas redes sociais hoje mesmo! Conheça ⬇️
LINKEDIN
INSTAGRAM
FACEBOOK

Para mais notícias sobre cibersegurança e novidades, assine nossa newsletter! Ou acesse outros artigos que temos no site!

Vamos deixar aqui, duas recomendações, confira agora:

 

  1. Falta de iniciativa para migração? Veja por que fazer
  2. 5 dicas básicas para proteção de dados do seu projeto