loader image

Multicloud: Dicas para extrair o máximo desse poderoso ambiente

28 abr 2023 | Cloud Exchange, Dicas de TI, Institucional, Soluções

A criação de multicloud cada vez mais se torna comum e essencial para as empresas. Ele é basicamente o uso combinado de diferentes serviços e plataformas de nuvem públicas e privadas. As organizações não só desejam tirar proveito dessa solução, mas também obter a melhor experiência possível de nuvem pública para ajudar na maneira como trabalham.

No entanto, o uso dessa solução tem os seus desafios. Embora as empresas possam extrair o melhor de cada plataforma para atender às suas necessidades de negócios, entregando a melhor produtividade do usuário e a melhor segurança de dados, a maioria das empresas não considera os desafios e as complexidades envolvidos na migração, gerenciamento e segurança das diversas plataformas em seu ambiente multicloud.

Neste artigo, discutiremos o que é multicloud e compartilharemos algumas dicas preciosas sobre como extrair o máximo desse poderoso ambiente.

O QUE É O AMBIENTE MULTICLOUD?

O Ambiente Multicloud é basicamente o uso combinado de vários serviços de nuvens públicas e privadas.. Este ambiente abrange todos os serviços e servidores oferecidos por estas plataformas, como softwares, sistemas de armazenamento, servidores virtuais e outros, proporcionando aos usuários infinitas possibilidades.

Um ambiente multicloud oferece aos usuários várias vantagens. Estas incluem:

• Flexibilidade: Os usuários têm a flexibilidade de escolher os serviços de que precisam, a partir das plataformas das quais precisam. Além disso, o usuário também pode adicionar e remover serviços com facilidade.

• Escalabilidade: Um ambiente multicloud permite que os usuários sejam escalonáveis, pois eles podem adicionar servidores virtuais rapidamente para acomodar altas demandas de tráfego.

• Degradação de desempenho mínima: Um ambiente multicloud permite que os usuários tenham desempenho consistente, pois eles podem usar várias plataformas ao mesmo tempo.

• Confiabilidade: Os usuários podem contar com a confiabilidade de várias plataformas de nuvem diferentes, minimizando os riscos de falhas e aumentando a confiabilidade.

DICAS PARA APROVEITAR O MULTICLOUD

Se você está considerando adicionar multicloud à sua infraestrutura, existem algumas coisas importantes que você deve considerar primeiro. Aqui estão algumas dicas essenciais para aproveitar ao máximo essa solução:

• Escolha a Plataforma Certa: A primeira coisa que você precisa fazer é escolher a plataforma certa para atender às necessidades da sua empresa. Avalie as diferentes plataformas para ver quais oferecem o melhor conjunto de ferramentas das quais você precisa.

• Planeje a Migração: Depois de escolher as plataformas certas, você precisa planejar a migração para o ambiente multicloud. Certifique-se de que as suas aplicações e serviços serão migrados facilmente e mantenham-se consistentes.

• Garanta a Segurança: A segurança deve ser uma prioridade quando você estiver trabalhando em um ambiente multicloud. Certifique-se de que suas plataformas de nuvem estejam configuradas corretamente para proteger os dados e aplicações da sua empresa.

• Alinhe os Objetivos do Negócio: Certifique-se de que o seu ambiente multicloud esteja alinhado com os objetivos de negócios da sua empresa. Avalie se as suas estratégias de nuvem estão ajudando a impulsionar o crescimento da sua empresa.

• Automatize o Processo: Por fim, você também pode usar a automação para simplificar o processo de gerenciamento do ambiente multicloud. Isso ajudará a acelerar o processo de migração e reduzir a complexidade envolvida.

VALE A PENA APOSTAR NO MULTICLOUD?

O multicloud costuma ser visto com bons olhos por algumas razões diferentes. Isso inclui a diminuição da dependência de um mesmo fornecedor, a redução de cursos, enquadramento em políticas locais que exigem a presença física de alguns dados no país.

Se um provedor cair, há o acesso independente ao outro. Por fim, o multicloud também pode valer a pena pelo poder de negociação que permite. Se um serviço aumentar os preços repentinamente, você conta com outra opção para explorar.

COMO ESSA ESTRATÉGIA SE RELACIONA COM A LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados surgiu como uma GPDR e mudou a forma com a qual os usuários se relacionam com os dados sensíveis. Assim, a regulação passou a exigir o consentimento em relação ao uso de dados das pessoas na web.

A ideia também vale para a multicloud. Os dados compartilhados entre as nuvens precisam seguir o “princípio da rastreabilidade”. Isso significa que, já que os donos dos dados têm por lei o direito ao seu controle, os provedores precisam saber onde estão para que suas solicitações tenham resposta.

Assim, isso é feito por um acordo de compartilhamento, geralmente com termos de restrição e privacidade. Desse modo, toda a atividade se relaciona a uma política de dados e a um protocolo de compartilhamento. Aqui, as situações em que os dados podem ser compartilhados são definidas.

O multicloud usa simultaneamente vários ambientes de nuvem, contornando problemas como a perda dos dados. Por isso, as pessoas não costumam fazer menção como uma “tecnologia”, mas uma “forma de gerir nuvens”.

Ainda assim, vale contornar alguns mitos sobre a cloud computing. Por exemplo, a ideia de que sua implementação é muito custosa ou pouco segura. A migração para o modelo tem acelerado nos últimos anos e a razão é justamente suas vantagens.

CONCLUSÃO

Com a crescente demanda por ambientes multicloud, é importante que as empresas saibam como extrair o melhor desse ambiente. Ao implementar os conselhos acima, não só as empresas podem tirar o máximo proveito dessa solução, como também ajudam a garantir que as aplicações e serviços sejam seguros e estáveis.

Se você precisar de ajuda para obter o máximo do seu ambiente multicloud, entre em contato conosco. Nossa equipe de especialistas em nuvem pode ajudá-lo a desenvolver a melhor solução para você.

Mantenha-se atualizado!

Siga-nos nas redes sociais! ⬇️
LINKEDIN
INSTAGRAM

Para mais notícias sobre cibersegurança e novidades, assine nossa newsletter! Ou acesse outros artigos que temos no site!

Vamos deixar aqui, duas recomendações, confira agora:

 

  1. Diferentes Clouds: o que é multicloud?
  2. Saiba como a Cloud Computing pode fazer a diferença no setor da saúde
  3. 5 TIPOS DE SEGURANÇA DE DADOS