loader image

CIOs: os protagonistas no mercado após a pandemia!

17 fev 2022 | News

O Chief Information Officer (Chefe da Tecnologia da Informação — CIOs) é a maior liderança nas organizações no que diz respeito a tecnologia e o olhar para o que há de novo no mercado e se adequar às novas tendências.

Logo, é um dos cargos mais estratégicos de um corporação e, compreender sua importância no contexto atual, principalmente com a continuação dos processos de transformação digital após a pandemia, conseguir cumprir essa atividade é um desafio constante, visto que  para fazer as mudanças necessárias em seu negócio ele precisa se atualizar a todo momento e conduzir a diretoria para essa adequação contínua.

Neste artigo, compreenda o papel dos CIOs como protagonistas no mercado de tecnologia após o fim desse momento tão delicado. Continue lendo para tirar todas as suas dúvidas!

O protagonismo dos CIOs no aspecto da pandemia

A pandemia obrigou as empresas a acelerarem ainda mais o processo de adesão à transformação digital. Diante disso, ter alguém para conduzir esse processo tornou-se ainda mais importante para evitar falhas que coloquem os negócios em risco.

Segundo a Pesquisa Global CIO 2021, que foi produzida pela Logicalis, a área que mais cresceu nas organizações, de modo geral, foi a de Tecnologia da Informação. 

Para ter dimensão da importância, 81% dos negócios apontaram uma aceleração acentuada nos investimentos neste setor. Afinal, com a necessidade de atuar de forma remota, foi preciso investir em uma adequação imediata das ações internas.

Com isso, o setor ganhou muito fôlego enquanto tantos outros encontravam-se em retração. E isso reflete-se em um ponto, inclusive, preocupante: o déficit de profissionais disponíveis no mercado

É alarmante, principalmente, porque em breve não teremos profissionais experientes disponíveis no mercado para atender a demanda dos negócios para a inserção de CIO internamente.

Por exemplo, a previsão é a de que teremos uma carência de 408 mil profissionais de TI até o final de 2022. E isso repercute, também, nos cargos de liderança. Afinal, se temos dificuldades até mesmo na construção de uma base de profissionais, como os CIOs vão atuar no dia a dia?

A relevância dos CIOs permanecerá após a pandemia

Essa influência mostrou-se importante não só durante a pandemia. Afinal, o papel estratégico desempenhado por eles estende-se, também, para o futuro das organizações. E ficou evidente em um estudo publicado pela IBM em parceria com a Oxford Economics, no CIO Study 2021.

Segundo o estudo — que também analisou especificamente o cenário brasileiro — 90% desses profissionais foram responsáveis por criar uma estratégia mais abrangente para implementação do trabalho remoto, agora não mais em uma situação de emergência, mas com o planejamento adequado.

Com isso, foi possível otimizar as estratégias das organizações e, assim, 40% deles, segundo a pesquisa, relataram que foi possível utilizar esse cenário para ter negócios que executem suas atividades em um ambiente totalmente virtual.

Ainda segundo o mesmo estudo, essa relevância que começou com a pandemia vai continuar após a normalização da situação. 57% dos presidentes de organizações no Brasil responderam que o CIO é o profissional mais importante não só no momento atual, mas para as projeções futuras nos próximos três anos.

E, ainda, confirmando o que falamos anteriormente: dentro da mesma pesquisa, 85% das lideranças entrevistadas apontaram como os CIOs tiveram um papel fundamental para manter a vitalidade do negócio e gerar o enfrentamento da pandemia nas organizações. 

Esse é um dado importante, principalmente, porque foi um indicador muito superior do que o encontrado em outros países da América Latina.

Vale a pena investir em tecnologia

Diante disso, podemos esperar, também, que outras empresas ainda invistam na presença deste profissional internamente. Afinal, as exigências de aceleração da transformação digital fizeram com que um maior número de empresas acreditasse nessa questão. Hoje ela não é mais um diferencial, mas uma exigência para a vitalidade dos negócios.

Tanto que, segundo uma projeção recente da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação de Tecnologias Digitais (Brasscom), estima-se que, após o cenário de pandemia, teremos a criação de 797 mil novos postos de trabalho. Isso evidencia o destaque que a Tecnologia da Informação tem no atual momento.

Outro dado que mostra a relevância do TI (e, consequentemente, dos profissionais de liderança para orientar os times), é do aumento no número de contratações nas empresas: o dobro da quantidade de 2020 e, portanto, os gestores possuem um papel fundamental para conduzir esses times de forma adequada.

Outros insights importantes sobre CIO apontados nas pesquisas

Se as organizações desejam otimizar ainda mais as ações dos CIOs e da área de Tecnologia da Informação de modo geral, é importante acompanhar também, outros insights importantes que as pesquisas citadas apontam. 

Áreas de destaques nos próximos três anos

Segundo a pesquisa da IBM que listamos anteriormente, temos algumas áreas que surgem com maior destaque nos próximos três anos. São elas:

  • – automação de processos;
  • – experimentação e descobertas baseadas em dados;
  • – expansão do mercado e agilidade organizacional;
  • – transformação da cadeia de abastecimento.

Demandas dos CIOs

A pesquisa da IBM também apontou quais são as principais demandas que os CIOs têm como necessárias para os próximos três anos visando tornar o setor de Tecnologia da Informação mais estratégico. 

Assim, os profissionais de liderança do setor no Brasil esperam poder investir em:

  • – Internet Das Coisas;
  • – Automação;
  • Conexão 5G;
  • – Inteligência Artificial;
  • – Investimentos Em Soluções Para Sustentabilidade.

Importância da nuvem

Outro ponto trazido nas pesquisas é a importância da nuvem para os CIOs, como perspectiva de maior inovação e melhores resultados na área de TI.

Por exemplo,a nuvem híbrida tem se apresentado como uma base fundamental para fluxos de trabalho mais inteligentes, dando suporte para a adoção da Inteligência Artificial.

Para entender a dimensão disso, o uso da nuvem híbrida por parte dos profissionais de liderança nas equipes aumentou em 700% em comparação com o ano de 2019. Isso mostra a força deste modelo de computação para o futuro da TI.

Os CIOs têm um papel de protagonismo fundamental para o crescimento dos negócios. Portanto, se o seu negócio ainda não investe nesse cargo internamente, mude o quanto antes. Isso será primordial para garantir a vitalidade do seu negócio.

E, para facilitar os processos para sua liderança é fundamental, também, ter a infraestrutura necessária para garantir ações mais eficientes no dia a dia. Para isso, invista e  migre para a Cloud você também. Conheça nossas soluções e entenda como nossos especialistas podem te ajudar nesta jornada #MuitoAlémdaNuvem.

Cloud Computing