loader image

Como driblar os obstáculos da nuvem híbrida e resolvê-los?

18 fev 2022 | News

Cloud computing é uma necessidade real das empresas, já que a tecnologia avança a passos largos e o volume de dados a serem processados bate recordes todos os anos. Usar o recurso de nuvem híbrida tem sido uma boa solução para o volumoso e complexo universo da Tecnologia da Informação.

Mas, nem tudo são flores, há algumas dificuldades que podem tornar as coisas complicadas. 

Embora existam problemas, a boa notícia é que dá para contorná-los. Com um bom planejamento e as ferramentas adequadas você pode driblar os obstáculos. Confira como resolver algumas das dificuldades mais frequentes. Boa leitura!

Como funciona a nuvem híbrida?

Podemos dizer que o sistema de TI se transforma em uma nuvem híbrida quando há a possibilidade dos aplicativos transitarem por vários ambientes diferentes, mas permanecendo conectados entre si.

Há um senso geral de que ela só ocorre quando utiliza-se uma nuvem privada e outra pública. Contudo, já considera-se um sistema híbrido o uso de duas nuvens, sejam elas privadas, públicas, sejam mistas.

De qualquer forma, cada um dos tipos de nuvem oferece vantagens distintas. Por isso, combinar uma privada — para armazenar dados críticos ou sigilosos —, e uma pública — que oferece maior escalabilidade — pode ser a escolha mais indicada.

Quais as dificuldades de uma nuvem híbrida?

Não há dúvidas sobre os benefícios dessa abordagem de cloud computing, contudo, é preciso se preparar para driblar alguns obstáculos que podem surgir.

As operações se tornam mais complexas

A gestão de um único sistema já pode ser desafiador, imagine dois ecossistemas conectados, mas que atuam em separado? Um desafio e tanto, não é mesmo? 

Podemos usar como exemplo as diferenças na infraestrutura de armazenamento e a capacidade de processamento quando se muda de um ambiente para outro.

Uma maneira de reduzir esse obstáculo é utilizar tecnologias mais uniformes, que possam transitar entre as plataformas de nuvens privadas ou públicas, com o mesmo desempenho e eficiência operacional.

A adaptação dos processos em um novo ambiente de nuvem híbrida precisa ter flexibilidade para que o processo ganhe agilidade. 

É importante usar o planejamento estratégico e de processos para dar prioridade aos trabalhos que precisam migrar primeiro para o novo sistema.

Por isso, pode levar mais tempo do que o esperado, afinal nem todos os aplicativos se encaixam nesse ambiente. Aqui entra novamente o planejamento minucioso e o trabalho de especialistas experientes para fazer a transferência e as adaptações necessárias.

Os custos podem ficar mais elevados

Ao implantar um ambiente de nuvem híbrida em uma empresa, os custos, se a gestão do sistema não se planejar, podem aumentar consideravelmente. Isso pode acontecer por causa da dificuldade em integrar as finanças.

Quando a empresa migra parte da operação para uma rede pública, podem surgir custos elevados que estão relacionados ao licenciamento de software ou ampliação de circuitos de rede, por exemplo.

Uma saída para garantir o ROI no cloud computing é utilizar ferramentas de gestão de recursos. Assim você consegue centralizar e unificar o controle financeiro ligado ao cloud computing. 

Dessa forma, fica mais fácil fazer a integração financeira e desativar ativos que não serão mais utilizados.

A estratégia não está coerente

Migrar para um sistema de nuvem híbrida pode ser tentador, mas, para dar esse passo é preciso muito planejamento. 

A empresa tem que alinhar suas expectativas com o processo de execução e sua viabilidade para não gerar frustração e gastos desnecessários.

Ter em mente exatamente o que se espera é a melhor estratégia para não ter problemas. Quais são os segmentos ou que carga de trabalho se beneficiaria com essa estrutura? As vantagens e o retorno superam os custos de implantação? 

Bom, em alguns casos a empresa pode descobrir que há outras soluções viáveis e de menor custo que vão atender suas necessidades.

A mentalidade da empresa precisa mudar

Toda grande mudança exige um ajuste na mentalidade para que ela não se torne um obstáculo. 

Se a sua empresa já tem uma estratégia definida e está convicta de que migrar para uma nuvem híbrida é altamente recomendável, você precisa demonstrar esse valor de forma prática para que a nova mentalidade se estabeleça. 

A solução talvez seja realizar alguns testes piloto e trabalhar a partir dos resultados. Estratégia é grande parte do sucesso!

Deixe os padrões claros para a nuvem híbrida 

Mesmo que a empresa já utilize alguns serviços em nuvem, a mudança para infraestrutura de nuvem híbrida precisa ter padrões e regras práticas bem estabelecidos de migração. 

A solução é divulgar orientações objetivas sobre como escolher o ambiente correto de hospedagem em nuvem, seja ela privada, pública, seja híbrida.

Elas podem incluir regras de como reimplantar um sistema diretamente na nuvem, modificar a arquitetura ou código para se adaptar à ela, reconstruir e até mesmo substituir um aplicativo ou sistema, para que ele se adeque à nova hospedagem.

A escolha da melhor solução deve ser minuciosa

Escolher os melhores fornecedores e fazer a sua gestão pode ser um grande desafio, já que o número de empresas de tecnologia que oferecem soluções e custos atraentes tem crescido de forma exponencial.

Com tantas opções é preciso planejar bem, levar em consideração questões como: estrutura, capacidade e, principalmente, segurança que, diga se de passagem, é um dos aspectos mais delicados quando se fala em nuvens híbridas.

Além de definir quais os dados e aplicações ficarão em cada um dos Data Center — local ou público — faça uma boa avaliação da empresa que irá fornecer o serviço de nuvem pública. Atenção especial aos recursos de autenticação e segurança física oferecidos!

Conhecer as dificuldades e as vantagens da utilização de uma nuvem híbrida já é meio caminho andado para obter um resultado positivo. 

Uma perspectiva realista é sempre mais interessante do que apenas se deixar levar pelos avanços da tecnologia. Pode ser que o momento de migrar seja inevitável, mas precisa ser bem planejado.

Quer saber mais sobre cloud computing e as várias formas de usar esse recurso? Aproveite para conferir esse artigo sobre multicloud e suas diferenças. Você também pode conversar com um de nossos especialistas da inovTI, que vão arquitetar uma solução que se encaixe na necessidade do seu negócio.

Cloud Computing